TJSP renova convênios com associações de cartórios extrajudiciais O Tribunal de Justiça de São Paulo e entidades representativas da classe dos notários e registradores renovaram dois convênios para a cessão de colaboradores que trabalham no setor de audiências de custódia e no cadastramento de processos no 2º Grau.

O presidente do TJSP, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, agradeceu o apoio das associações e destacou a relevância e significado do trabalho realizado pelo segmento extrajudicial. “É importantíssimo para a segurança jurídica nas áreas cível, de família, propriedade, enfim, fazem parte da própria vida de cada um que nasce nesse País”, destacou o presidente.

O setor de audiências de custódia conta com 20 colaboradores. O primeiro termo de cooperação foi assinado em 2015, ano de implantação do projeto. Desde então já foram realizadas mais de 22.542 audiências na Capital. Já o convênio voltado para o 2º Grau, firmado em 2016, resultou em 192.627 cadastros. “Os números mostram a magnitude da parceria”, ressaltou Pereira Calças.

Para o corregedor-geral da Justiça de São Paulo, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, os convênios são a materialização do “zelo pelo interesse público e do respeito pelo Tribunal de Justiça” demonstrado pelos integrantes do extrajudicial.

O presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Anoreg), Leonardo Munari de Lima, destacou que a classe está à disposição para parcerias com a Justiça. “Atuamos para garantir segurança jurídica. Cada vez que fazemos bem o nosso trabalho é uma disputa que deixa de chegar ao Judiciário”, disse. “Estamos de portas abertas para o Tribunal e para a sociedade”, completou. Já o presidente do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil – Seção São Paulo, José Carlos Alves, informou que as entidades estão empenhadas em projetos e iniciativas para aprimorar o controle e fiscalização das atividades do setor.

Também participaram da solenidade o presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo, Andrey Guimarães Duarte; o presidente da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo (Arisp), Francisco Raymundo; o presidente do Sindicato dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Sinoreg), Claudio Marçal Freire; o presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen), Gustavo Renato Fiscarelli; os juízes assessores da Presidência do Tribunal Marco Fábio Morsello, Leandro Galluzzi dos Santos, Camila de Jesus Mello Gonçalves e Renato Hasegawa Lousano; o juiz diretor da 1ª Região Administrativa Judiciária – Grande São Paulo, Regis de Castilho Barbosa Filho; a vice-presidente da Anoreg, Giselle Oliveira de Barros; e o secretário da 1ª Instância do TJSP, Pedro Cristóvão Pinto.



Fonte Comunicação Social TJSP – GA (texto) / RL (fotos)
imprensatj@tjsp.jus.br

 
Praça Clóvis Bevilaqua, 121 • 4º andar - Cj. 41 • CEP 01018-001 - SP • Tel. (11) 3104-1514